EMIRATES ou o sonho de andar pelo mundo!

O open day é o primeiro passo da seletiva pra quem quer ser comissário de bordo (ai, aeromoça é tãão mais legal!) da Emirates. Posso repetir de trás pra frente que a Emirates é a empresa aérea que mais cresce no mundo, que tem 2341 mil benefícios, além da sua oferta mais instigante: conhecer o mundo!
Logo que voltei de Buenos, com uma parcela de sonhos indo pelo ralo, rapidamente resgatei um antigo sonho, que é andar pelo mundo. Pensei em algumas aternativas e uma delas foi esta. Em nenhum momento esqueci quem eu sou ou deixei para trás o amor que tenho pelo figurino, o que construí profissionalmente até hoje e a vontade de crescer em minha profissão, pelo contrário, viajar o mundo é mais um plus na minha carreira, assim que passei um mês estudando inglês pra passar nas entrevistas {que se dividem em 3: open day, assessment day e final interview}.
O Open Day do qual participei foi dia 1 de dezembro, em São Paulo, e contou com cerca de 300 candidatos. Todo o tempo é preciso falar inglês, e ele tem que ser fluente {falar, ler e escrever}.
É preciso levar um curriculum em inglês e foto tamanho passaporte. Mas o melhor é sempre ficar atento, nos sites da Emirates e da Fly Right International, sobre o que eles estão pedindo para aquele Open Day específico. Também é importante levar uma garrafinha de água e alguma coisa para petiscar, já que, se você for selecionado passará o dia inteiro no hotel, e em pé! Ah! E traje social! Meninos de terno e gravata, meninas salto alto, meia fina, blazer e saia ou vestido e make. {É uma entrevista de emprego, imagine que você é uma executiva de sucesso, não que vai seduzir o boy!}
Vale lembrar que é sempre bom chegar mais cedo, pois, além de driblar qualquer imprevisto pelo caminho, dá pra fazer amigos. Eu fiquei amiga de duas meninas, uma que já estava fazendo curso de comissária pra trabalhar no Brasil, outra que acabava de voltar depois de anos morando no Líbano. Ali você não está concorrendo com ninguém, se passar será mérito seu, por preencher infinitos requisitos naquele determinado momento.
Logo no começo da manhã, eu e os outros 299 candidatos entramos na sala de conferência do Hotel Bourbon Convention Ibirapuera e ouvimos, durante 45 minutos, informações sobre a empresa, benefícios e conduta. Finalizada a apresentação, o recrutador dessa primeira etapa, que é feita pela Fly Right International {que faz uma pré-seleção dos candidatos para que, quando os selecionadores da própria empresa venham ao Brasil eles já encontrem candidatos com o perfil} pediu que, por favor!, quem não falasse inglês fluente voltasse no próximo Open Day, que poupariam o tempo de todos ali. Ninguém levantou {ah, meu Brazél!}.
Depois disso, formou-se uma fila para a primeira entrevista. Nessa mini-entrevista, que dura nada mais que 5 minutos, eles perguntam “Porque você está aqui hoje?” ou “Fale algo sobre você…” Se você conseguir sustentar uma conversa {em inglês, gente, sempre em inglês!} por esse tempo, for simpático, não tiver tatuagens expostas, há uma grande chance de passar pra próxima etapa. Foi o que aconteceu comigo. Fui convidada a entrar em uma sala, onde já haviam outros selecionados, deram-me um papel {leve sua caneta, please! onde já se viu ir a uma entrevista sem caneta?} e pediram para que escrevesse uma redação de 15 linhas sobre o porquê de querer ser uma crew da Emirates.
Próximo passo é passar no teste de altura: alcançar 2,12m com os braços esticados e  na ponta dos pés {que é o mínimo necessário para alcançar o equipamento de emergência! Faça esse teste em casa, alongue bem, porque vááárias candidatas não alcançaram}. Passando nesse teste, há ainda uma dinâmica de grupo, onde dão um texto para ler, cada um do grupo lê um parágrafo; terminado isso, é hora de falar sobre o que leu. A maioria dos candidatos estão tão nervosos, preocupados com sua pronúncia que acabam não prestando atenção no que estão lendo. E, por último, solicitaram que cada se apresentasse ao grupo. Felizmente passei em todas as etapas desse primeiro dia! Dos 300, ficaram apenas 60 candidatos.  Convidaram-me formalmente para o Assessment Day que aconteceria no final de semana seguinte, no mesmo bat horário, no mesmo bat local.
Open Day da Emirates: Boca roja + tubinho da Zara!

;)

Anúncios

3 comentários sobre “EMIRATES ou o sonho de andar pelo mundo!

  1. Pablo disse:

    Puxa, que interessante! Realmente tem que ser muito bom em vários quesitos para passar pelos testes! ^^
    Parabéns… espero que vá bem também nessa outra etapa! Hehehe!

    Gostei do blog! = D

    • Lígia Baleeiro disse:

      Oi Camila, não passei na segunda fase. E não voltei a tentar. A vida deu um turn around de novo, voltei a morar em Buenos Aires, vou casar no final do ano e agora o sonho de viajar se modificou. Me dei conta que não preciso conhecer o mundo de uma vez só, a gente é jovem e tem pressa de fazer as coisas, conhecer o mundo em um ano… mas se eu fizer uma viagem por ano… até os 60 anos já conheci o mundo. De maneira mais relax, sem pressa. <3 Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s