ENY: NYC para aumentar seu playlist!

NYC é dessas musas hiper sedutoras, que encanta e inspira a todos, e eu sou mais uma a tecer milhões de versos, sons e poemas a essa Deusa. Cara, difícil, cruel, mas linda! Affe!

Fala-se dos pontos turísticos, da noite, dos bares, dos museus, da moda, das etnias… tudo isso… mas tem outra coisa muito importante: NYC é a capital dos músicos independentes e dependentes {hahaha – são os que assinaram com algum selo/gravadora sobreviventes ao mundo atual}. Todo artista quer tentar seu estrelato nas calçadas e palcos nova-iorquinos, além da imensa massa de {incríveis} artistas americanos.

E o que você ganha com isso?

Novidades musicais. Milhões. A chance de renovar, além de seu armário e seu paladar, o seu gosto musical.

Se você é músico, tenho pena de ti. NYC é como morder a maçã, e nunca mais você vai ter paz em seu estilo. Mas isso é outro papo. {Me segue lá no facebook.com/candidaoficial.

Você é amante de música. Cult. Gosta de Céu, Caetano, Los Hermanos, Lenine. {tirei todas as outras opções que criticamente não posso admitir no meu post}. E eles são tudo pra você, right?

Uma semana em NYC, e seu gosto musical vai saltar de 10 artistas nacionais e 10 internacionais para10 nacionais e 300 internacionais. Seu conhecimento sobre estilo musical vai passar de 5 para 30 estilos internacionais.

Eu explico.

Primeira noite em NYC, você faz o típico programa turístico, e vai a um musical. E esse é MOTOWN. Pronto, você está completamente apaixonado pelo R&B. O típico estilo romântico americano, que inspira artistas como John Legend, Mary Jay Blige, Brian Mcnight. Foi nessa clima que encontrei King, um trio feminino de soul, R&B e eletrônica que arrasa.

Motown: The Musical

king

Paris, Amber e Anita = KING

Aí, você termina a noite em volta do W4, e vai ao Blue Note, famoso Club de Jazz de NYC. Na série Late night Shows, você ouve Baba Israel, Rapper/Produtor e sua turma, improvisando e rimando ao som de Jazz, de uma maneira que você se confunde, mas ama. Isso se chama misturar Hip Hop, Rap e Jazz. E você acaba de ganhar um artista pra admirar e seguir o resto da vida. Também acaba de perder o preconceito contra o Hip Hop e o Rap, {pra não dizer música americana em geral}.

bluenoteny

Blue Note: Famoso Jazz Club de NYC

Outro dia você vai ao Drom, e assiste os Gypsy All Stars, um grupo de jazz cigano, com um baixista grego, tecladista cubano, clarinetista albanês, e músicas Balcãs, turcas e paquistanesas. Chame isso de World Music, ou Música Étnica. Em volta, o que se dança é de impressionar. Todas as comunidades desse lado do oriente médio, mediterrâneo, vão lá assisti-los, e você se arrepia de ver tanta musicalidade no mundo. Como musicista, eu digo: ritmos inacreditáveis, vozes impressionantes. Chore. E compre o CD deles. Dois. Um pra dar de presente.

Simbora. Agora é hora de ir a Output, o mais badalado Club de NYC. Você vai entender que música eletrônica em NYC é coisa séria. Não é balada gay, ninguém engolindo ninguém, mas também não tem aquele mané te enchendo o saco. Gente de todo tipo, cor, raça, tamanho, dançando livre, criativo, interagindo com o DJ, vibrando a cada drop, aplaudindo a troca de Sets. E aí, você vira fã do… DJ! Foi nessa que me apaixonei por DVS1. E descobri o site residentadvisor.com, que te avisa quando seus DJs favoritos vão tocar na cidade.

E esse estilo? Música eletrônica?

Baby, existem mais de 40 subtipos pra “música eletrônica” e descubra o prazer de entendê-los. DVS1 é um DJ de Deep House. Aliás, Output é uma casa famosa pela musicalidade escura, DJs mais cults, uma cena mais alternativa da eletrônica. Isso existe, pode pesquisar. Aí, na próxima vez você vai poder saber se quer ouvir um House no Club Cielo, ou um Techno no Club Marquee.

Cielo-disco

Cielo Club está no ranking das melhores “discotecas” do mundo

Mesmo chegando a hora de partir, não se preocupe. A maçã está mordida, e você estará levando esse desejo de conhecer o mundo e seus sons com você. Dividir sua escuta com vários diferentes artistas e estilos, diversificar, descobrir, conhecer. Recomendo as rádios web, os playlists do youtube, e estar com antenas abertas a novos artistas, especialmente os de fora da mídia. Enjoy your time and increase your playlist!

* Cândida é musicista e musicóloga, que mora num avião entre NYC e o Rio de Janeiro. http://www.candidaoficial.com.br

*

Já nos acompanham nas redes sociais?
Fanpage ♥ InstagramPinterest

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s