Aires Buenos Tour

*por Ramiro Pena

Sábado. Primeiro dia de um longo feriado. Já estava a ponto de me jogar no sofá para sair só lá por terça-feira quando de repente a Lígia me avisa: “Hoje temos o tour do Aires Buenos, lembra?”. Meu espírito ranzinza responde automaticamente: “Tive uma semana muito intensa. Não vou.” A expressão em seu rosto me faz rapidamente mudar de ideia.

O Aires Buenos tour começa na Av. Belgrano com a Peru, em pleno epicentro cultural porteño. O circuito tem uma lógica histórica: começamos pela zona sul da cidade, lugar dos primeiros assentamentos e desenvolvimentos culturais. A primeira parada é a Pasaje Lanín. Um oásis de fachadas coloridas, uma face desconhecida, vibrante e silenciosa, de uma área cinza da cidade (área de hospitais neuropisquiátricos públicos, no hospital Borda filmou-se “Hombre mirando al Sudeste”, de Eliseo Subiela).

dicas-buenos-aires-color dicas-buenos-aires-casal20

dicas-buenos-aires-gieedo

Gisele e Edo do blog Aqui me Quedo!

De volta à prática van, percorremos a transição norte/sul da cidade, incluindo lugares importantes como a estação Constitución, a Avenida 9 de Julio, o sobrado sobre o edifício que dá para o Obelisco, a Casa de Águas, as Faculdades da UBA, consulados e embaixadas da Av. Figueroa Alcorta, e o Club de Pescadores. Em cada parada são oferecidos dados práticos para que – se quisermos – possamos voltar a cada um desses lugares por nossa conta.

parquedelamemoria parquedelamemoria3

Chegamos à nossa segunda parada, o Parque de la Memoria. Um lindo lugar com um amplo espaço verde que olha para o Rio de la Plata em toda sua amplitude, desde o porto de Buenos Aires até a fileira de construções da Costanera Norte. O parque funciona como um memorial para os desaparecidos por ações ligadas ao terrorismo de estado entre 1969 e 1983. É um lugar emocionante, onde cada argentino pode reconhecer familiares, amigos ou conhecidos que padeceram esta etapa obscura da nossa história. Um lugar de lembrança permanente, ao alcance de todos, selado pela frase “Pensar é um ato revolucionário”.

dicasbuenosaires2

Nos dirigimos finalmente ao Mercado de las Pulgas, uma sábia escolha. Esta feira de antiguidades para nativos é bem diferente da de San Telmo. Ali o foco não é o turista e é possível observar os locais em busca de novos itens decorativos: móveis usados, madeiras e cores enchem o lugar de vida. Nós também ficamos com vontade de levar vários móveis para casa. Nas redondezas do galpão há vários lugares para almoçar, e também está a sorveteria Occo, onde terminamos o tour! Sabores muito originais (não deixem de provar o de dulce de leche con frutos rojos) e bem servidos, foi para fechar com chave de ouro!

mercadodaspulgas

Durante todo o percurso, o Aires Buenos Tour respeita uma premissa: não repetir os lugares do city-tour tradicional. E isso faz com que algum dos lugares visitados nem os nativos conheçam.

dicas-bueno-saires-sorvete

Gisele e Túlio curtindo o sorvete do final do tour

É um tour que gera novas perguntas também para os argentinos. Sem dúvida é uma experiência extraordinária. Totalmente recomendável. Valeu abandonar o conforto da casa para conhecer muito mais sobre esta cidade incrível que é Buenos Aires.


instagram duck egg blue email duck egg blue pinterest duck egg blue facebook

Anúncios

2 comentários sobre “Aires Buenos Tour

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s