14 curiosidades sobre os hábitos e costumes portenhos

Pode ser sua primeira ou décima vez em Buenos Aires, é sempre interessante saber mais sobre alguns fatos, hábitos e costumes portenhos.

Por isso, listamos alguns itens curiosos você provavelmente não sabia.

  1. Tudo acontece mais tarde. Talvez por uma vontade secreta de não fazer tudo correndo – porque a cidade mesmo, não pára – a chegada ao trabalho, o almoço, a balada… sempre acontecem bem depois do horário que os brasileiros estão acostumados. Chegar ao trabalho às 9h, almoçar às 14h… ir para o esquenta da festa à 01h e só ir pra boate às 03h – imagina que hora a festa a acaba né? Com o dia clareando.CEB
  1. Mesmo tendo sua maioria católica, possui uma expressiva comunidade judaica: Buenos Aires abriga tantos judeus quanto México, Brasil, Uruguai e Chile juntos. O bairro tipicamente judeu é o Once, mas eles estão espalhados por vários outros, como Belgrano e Villa Crespo. E para atender a norma alimentícia dos ortodoxos, foi aberto na capital argentina o primeiro Mac Donalds Kosher fora de Israel.
  1. Tem as estações do ano bem definidas. Faz muito frio no inverno e muito calor no verão, enquanto os dias são mais secos e as folhas caem no outono, na primavera predomina uma temperatura agradável e a cidade fica toda enfeitada de roxo, por causa dos jacarandás. No verão faz muito calor é comum ver as pessoas tomando sol nos parques como se estivessem na praia.  Aliás, tomar sol onde quer que seja é uma obsessão da mulher portenha.
  1. INSOLADAS-TODASOs homens cuidam da aparência, se preocupam com o que vão vestir e se seu corte de cabelo reflete seu estilo – nem por isso menosprezam a masculinidade uns dos outros. Diferente do que aconteceria no Brasil, se cumprimentam com um beijo no rosto e ninguém é gay por isso.

    mantour_round1-68

  1. E por falar em gays… Seja homem ou mulher, a população se vê menos constrangida ao assumir sua opção sexual e o casamento de pessoas do mesmo sexo já é uma realidade desde 2010 – a Argentina foi o primeiro país da América Latina a permiti-lo legalmente.casamentogayargentina
  1. Na maioria dos restaurantes, os 10% do garçon não estão incluídos na conta, mas fica feio se você não der propina – gorjeta, em espanhol. Outros tanto lugares cobram o cubierto: que é o serviço de mesa, na teoria um valor que se paga pelo uso e desgaste dos talheres, copos e pratos. Não tem qualquer relação com as entradinhas ou cesta de pães que deixam na mesa pra você – comendo ou não irão lhe cobrar o cubierto. E pagá-lo não lhe isenta da gorjeta, ok?
  1. A cidade foi a primeira da América Latina a construir sua linha de trens subterrâneos. Popularmente conhecido como Subte, o metrô tem ativa até hoje a linha A – que foi a primeira a ser inaugurada em 1913. Cem anos depois, os vagões originais foram aposentados e substituídos, mas serão reformados e aproveitados de uma maneira turística.7
  1. Dificilmente verá uma argentina usando salto alto, igual aos das brasileiras. Seja por terem um estilo mais relax ou por fazerem tudo à pé, subte ou ônibus, prezam pelo conforto e usam sapatos baixos ou plataformas – essas elas amam.Chisso
  1. Quase todo dono desses mercadinhos de bairro será estrangeiro. Coreanos são a maioria, mas são chamados de chinos. Aliás, os chineses tem um bairro só deles – o Barrio Chino. A “Chinatown” de Buenos Aires abriga mercados, lanchonetes e restaurantes dedicados à cultura asiática. Vale a visita!
  1.  A palavra boludo pode ter diversos significados. Em essência, significa idiota, tonto ou imbecil, mas dependendo do contexto pode deixar de ser adjetivo e virar verbo. Entre amigos, usam como uma maneira carinhosa de chamar – mas só entre eles!
  1. A presidente da Argentina trabalha na Casa Rosada sim, mas não mora lá. E durante os finais de semana e feriados, é possível conhecer a famosa sede do governo por dentro: visitas guiadas em inglês, português ou espanhol acontecem entre as 10h e as 18h e são gratuitas.   3
  1. Os super e mini mercados fecham às 22h mas um kiosko pode salvar sua vida! São muito comuns, pois existe um a cada quadra praticamente: vendendo guloseimas, bebidas e cigarros, muitos abrem bem cedo e ficam abertos até bem tarde, nas grandes avenidas inclusive alguns funcionam 24 horas.
  1. Assim como no resto da América Latina, em Buenos Aires o abacate – palta, em espanhol – é amplamente usado em pratos salgados. Sushis, saladas, sanduíches… tudo pode levar. Diferente do Brasil, onde a fruta é consumida basicamente em doces e vitaminas.sanduichedeabacate
  1. Vinho e cerveja ainda são os mais consumidos, mas a bebida mais típica é o Fernet con Coca. Mistura do refrigerante com o licor amaro – conhecido como Fernet – chegou à Argentina no século XVIII como remédio para o estômago: reza a lenda que ninguém passa mal com um porre de Fernet.4

    instagram duck egg blue email duck egg blue pinterest duck egg blue facebook

Anúncios

Um comentário sobre “14 curiosidades sobre os hábitos e costumes portenhos

  1. Bruna disse:

    Muito interessante, mesmo!
    Desde que venho lendo o blog tenho criado um apreço imenso pela Argentina. É muito bom saber que o país vizinho do meu RS tem tanta coisa para vermos e que tem gente disposta a mostrar esse lado bonito também.
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s